Entenda como funciona a etapa da Redação eliminatória

30 nov

No Concurso ANP 2015, a CESGRANRIO aplicará uma prova de redação em caráter eliminatório na 2ª fase, e nós ajudamos você a entender como será essa etapa

redac3a7c3a3o-em-uma-entrevista-de-emprego

Com a banca e posteriormente o edital do Concurso ANP 2015 divulgados, chegou a hora de você focar na sua preparação! Já mostramos as vantagens de se fazer o concurso – ainda mais agora que eles serão suspensos, em 2016 -, bem como demos algumas dicas de estudo para você otimizar o seu tempo e ter mais qualidade de conteúdo, com o método R.A.D.I.O. Agora, um dos pontos principais desse edital diz respeito à prova de Redação, que terá caráter meramente eliminatório. Ou seja, ela não será classificatória, não contará pontos a mais ou a menos para classificar um candidato à frente ou atrás de outro. Se você tirar 60, 80 ou 100 pts. na redação, dá no mesmo! Só não pode tirar menos de 60. Não se preocupe! Estamos aqui para ajudá-lo(a) a entender melhor como funciona essa etapa com a banca da CESGRANRIO.

Analisando editais anteriores, especificamente os últimos que aplicaram esta segunda fase do concurso, é possível perceber que, em todos, a redação, de fato, foi eliminatória. Porém, como algumas provas tiveram pequenas diferenças entre elas, vamos destrinchá-las. Primeiro, falaremos sobre o concurso que todos esperam, o da ANP.

Na ANP, a CESGRANRIO determinou que serão habilitados para a prova de redação os candidatos que forem classificados, na 1ª etapa, numa posição que “não ultrapasse 20 vinte vezes o somatório do total do número de vagas do cargo ou cargo/especialidade/categorias de vagas (AC/PCD/PPP) para o qual se candidatou”. Ou seja, apenas serão corrigidas as provas de redação dos candidatos classificados e habilitados segundo esses critérios. Em relação à prova, vamos aos pontos mais importantes a serem trabalhados pelos participantes:

  • A redação terá um valor de até 100 (cem) pontos e deverá ter estrutura na forma de texto em prosa do tipo dissertativo-argumentativo;
  • Cuidado com a ortografia! Lembre-se de que, a partir de 31 de dezembro de 2015, só será aceita a ortografia que entrou em vigor em 1º de janeiro de 2009 (se alguém ainda tem dúvidas quanto à nova reforma ortográfica, a hora de tirá-las é agora!);
  • Atenção ao tema proposto, pois também é passível de reprovação aquele que fugir do contexto solicitado. Portanto, leia atentamente e certifique-se de seu texto está de acordo e coerente;
  • Não seja preguiçoso(a) ou ansioso(a) e tente escrever rápido e em poucas linhas. Sabia que a redação deverá conter de 25 (vinte e cinco) a 30 (trinta) linhas? Pois é, ou seja, nada de querer escrever apenas ou menos que 15 linhas! É nota zero na certa;
  • Em hipótese nenhuma assine a sua redação ou apresente qualquer sinal que possa lhe identificar, de alguma forma;
  • Também serão sumariamente eliminados desta etapa os candidatos que fizerem as suas redações a lápis (então é melhor comprar logo aquela caneta preta – e somente preta – extra para garantir)
  • Empenhe-se e prepare-se efetivamente para a redação. Pratique e dê o seu melhor, pois serão eliminados aqueles obtiverem nota inferior a 60 (sessenta) pontos nesta prova.

Todos esses pré-requisitos foram os mesmos já utilizados no edital do concurso do Banco do Brasil de 2014, que também aplicou a prova de redação numa 2ª etapa, em caráter eliminatório. Já no concurso do Banco do Brasil de 2013, os classificados para a redação deveriam estar classificados, na 1ª etapa, numa posição que ultrapassasse o dobro do número de vagas do cadastro de reserva da Microrregião para a qual se candidatou. Portanto, a habilitação dos candidatos para esta 2ª fase, da redação, variou de acordo com as especificações de vagas de cada concurso.

O Concurso da FINEP de 2013, por sua vez, apresentou uma proposta diferente, no que diz respeito à aplicação da redação, na qual os candidatos foram classificados, no final, em função do somatório de pontos das 1ª e 2ª etapas, por área de conhecimento/local de trabalho (em caso de empate, prevaleceu a melhor classificação na primeira fase).

Dessa forma, foram habilitados para a prova de redação os candidatos que obtiveram resultados superiores a 40% (quarenta por cento) do total de pontos da prova objetiva de Conhecimentos Básicos ou aproveitamento superior a 50% (cinquenta por cento) do total de pontos da prova objetiva de Conhecimentos Específicos, além de estarem classificados entre os 300 (trezentos) mais bem colocados na área de conhecimento/local de trabalho. No caso desse concurso específico, há dois pontos importantes a serem apontados, que diferem das demais provas de redação da banca:

  • A prova de redação, também de caráter dissertativo-argumentativo, possuiu um valor de 25 (vinte e cinco) pontos
  • Foram eliminados os candidatos que obtiveram aproveitamento inferior a 40% (quarenta por cento) do total de pontos da redação.

Com isso, esperamos ter ajudado você a entender melhor como funciona a aplicação da prova de redação da CESGRANRIO e que essas informações facilitem o seu estudo e garantam uma preparação ainda melhor! Qualquer dúvida, por favor coloquem nos comentários.

Boa prova!

Anúncios

Como se inscrever no Concurso da ANP?

26 nov

Aprenda o passo a passo de como efetuar sua inscrição com a Cesgranrio para realizar a prova da Agência Nacional do Petróleo em janeiro sem problemas

Processo de Inscrição para o Concurso da ANP

Desculpem se está muito detalhado, mas existem muitas pessoas que nunca fizeram concurso público e pouco mexem na internet. Se puderem, compartilhem esse post com essas pessoas para ajudarem elas com o processo de inscrição : )

 

1. Acesse o site da Cesgranrio;

2. Clique no primeiro título “Formulário de Requerimento de Inscrição“;

3. Se nunca fez uma prova da Cesgranrio e não possui cadastro no site, clique em “Não possuo cadastro” e preencha o formulário com as informações solicitadas. Se você já possui cadastro, continue a sua inscrição informando seu CPF, sua senha de cadastro e transcrevendo aquele textinho confuso que aparece logo abaixo para provar que você não é um robô!;

4. Clique em ‘Continuar’ para inserir e atualizar alguns dados. Nessa fase você deverá escolher para qual cargo e para que localidade (RJ ou Brasília) quer concorrer. Se você quer concorrer a mais de um cargo, basta se inscrever duas vezes, mas atenção! Você só pode concorrer a um cargo da opção 1 e a um cargo da opção 2, que terão provas aplicadas em horários diferentes. Não pode escolher os dois da opção 1;

Opção 1 Técnico em Regulação Especialidade Química

Técnico em Regulação Especialidade Geral

Opção 2 Técnico Administrativo

 

5. Confirme os dados inseridos e, na página seguinte, aperte ‘Clique aqui para obter sua guia de cobrança’. Esse link vai gerar uma GRU (Guia de Recolhimento da União), um tipo de boleto do Governo Federal, no valor de R$55;

6. Volte para o passo 1 e faça sua segunda inscrição caso queira concorrer a dois cargos diferentes, com provas de manhã e de tarde, no mesmo dia;

7. Imprima sua(s) GRU(s) e pague somente no Banco do Brasil;

8. O pagamento deve cair em até 4 dias. No mesmo link que postei no passo 1, você pode acompanhar a situação da inscrição, ou clicando aqui em ‘Acompanhamento de Requerimento de Inscrição’;

9. No dia 27/01/2016, 4 dias antes da prova, volte ao site e clique no link ‘Cartão de Confirmação – Local de Prova’ para ver o local da sua prova e imprimir seu cartão de confirmação que NÃO vai chegar pelo correio;

10. Agora é só estudar… MUITO!!

E caso queira aquela força extra de professores experientes com o maior índice de aprovação para a ANP desde 2005, entre em contato com o curso preparatório do Clube do Petróleo:

Curso Preparatório do Clube do Petróleo para a ANP
(21) 2203 0153 | (21) 2203 1230

Vídeo

5 Dicas Valiosas para Passar no Concurso da ANP

18 nov

Não deixe de conferir as dicas do Clube do Petróleo para quem está determinado a passar no Concurso da Agência Nacional do Petróleo (ANP)

Se você está começando agora ou já vem estudando há algum tempo, vale a pena assistir este vídeo que analisa, em forma de dicas, alguns pontos importantes do Edital que acabou de ser publicado no dia 11 de Novembro.

Conheça o preparatório do curso que mais aprova candidatos para a ANP desde 2005, o Clube do Petróleo.

 

Informações Importantes

  • Edital: http://goo.gl/UX5T2c
  • Site da Cesgranrio: http://goo.gl/d5yJue
  • Início das Inscrições: 18 de novembro de 2015
  • Fim das Inscrições: 08 de dezembro de 2015
  • Data da Prova: 31 de janeiro de 2016
  • Remuneração: Entre R$ 5.689,52 e R$ 6.669,52

Saiu o Edital do Concurso da ANP 2015!

11 nov

A Cesgranrio publicou hoje o Edital com todas as informações sobre o Concurso Público da Agência Nacional do Petróleo (ANP) e a gente conta aqui:

ANP

Acabou a espera! A Fundação Cesgranrio finalmente publicou o Edital do Concurso da ANP. Agora todas as dúvidas já foram respondidas e o certame tem data marcada! A prova acontecerá no dia 31 de janeiro de 2016 e você pode baixar o Edital completo no seguinte link:

Link para o edital completo da ANP

Como muitos já sabem, o Concurso é para nível médio, com 34 vagas para os cargos de Técnico em Regulação e Técnico Administrativo, mas o que temos de interessante a ser notado neste Edital?

Remuneração
A remuneração para os cargos de Técnico em Regulação e Técnico Administrativo têm seu valor mínimo em R$ 5.957,52 e R$ 5.689,52, podendo chegar, inicialmente, a R$ 6.669,52 e R$ 6.334,52 respectivamente.

Requisitos para os cargos
32 das 34 vagas do concurso são destinadas para quaisquer pessoas que tenham ensino médio completo, tanto para o cargo de Técnico Administrativo quanto para o cargo de Técnico em Regulação: Especialidade Geral. As 2 vagas restantes, para o cargo de Técnico em Regulação: Especialidade Química, exigem habilitação de nível médio técnico nesta área.

Locais das Vagas
10 das 34 vagas, incluídas as 2 para Especialidade Química, são para o Distrito Federal. As 24 restantes são para o Rio de  Janeiro, onde fica o escritório Central.

Matéria de Estudo
Para todos os cargos (40 questões): Português; Inglês; Informática; Direito Administrativo; Constituição Brasileira; Estrutura da indústria do petróleo; Noções de estrutura e regulação da indústria petrolífera.

Específico para Técnico Administrativo (20 questões): Matemática; Contabilidade Pública; Administração de Pessoal; Arquivologia.

Específico para Técnico em Regulação (20 questões): Especialidade Geral: Direito Penal; Lei das Penalidades; Processos Administrativos; Defesa da Concorrência; Matemática.

Específico para Técnico em Regulação (20 questões): Especialidade Química: Química Geral e Inorgânica; Química Orgânica; Físico- Química; Química Analítica; Petróleo e seus derivados.

Redação
Haverá uma redação dissertativa-argumentativa a ser realizada na prova, valendo 100 pontos, o mesmo que vale o somatório das questões. No entanto, ela só é corrigida se o candidato acerta mais da metade das questões e está classificado até uma certa posição, variando de cargo para cargo. Mais interessante ainda é reparar que ela tem apenas caráter eliminatório e não classificatório. Ou seja, se você tira 60/100 pts., o mínimo para não ser eliminado pela redação, já é o suficiente. Não seria melhor para a sua classificação no concurso tirar 75, 88 ou 100 pontos!

Como se preparar?
É muito óbvio dizer que só passarão os mais bem preparados. O Clube do Petróleo é o mais reconhecido e mais experiente curso preparatório para a ANP. Nenhum outro curso supera o número de aprovados que obtiveram desde o primeiro concurso em 2005, depois em 2008, 2013 e agora em 2015. Isso se deve principalmente ao foco nos concursos em petróleo e à experiência de seu quadro de professores, que guiam seus alunos à aprovação. Deixo abaixo o link para que qualquer interessado possa conferir o programa e entrar em contato:

Logo Clube do Petroleo - Fundo TransparenteCurso Preparatório do Clube do Petróleo para a ANP
(21) 2203 0153 | (21) 2203 1230

Agora é a hora de estudar com o máximo de intensidade, de deixar algumas atividades de lato e focar no que é realmente importante neste momento. Só quem dá tudo de si, quem aposta alto e confia, passa em concurso público!

As inscrições para o Concurso da ANP começam no dia 18 de novembro de 2015. Não deixa para estudar com afinco só depois de inscrito e não deixe a inscrição para a última hora! Marca na agenda, o melhor é fazer logo no primeiro dia (R$55).

Link para inscrições e outras informações

Desejo sinceramente muito boa sorte a todos os que mais se esforçarem para conquistar esse grande objetivo!

Até mais e bons estudos!

Banca do Concurso ANP 2015 é a Cesgranrio!

5 nov

A Agência Nacional do Petróleo (ANP) finalmente escolheu a banca organizadora para o seu próximo concurso público, já autorizado e já confirmado: a Fundação Cesgranrio

Cesgranrio-ANP
Àqueles aflitos pela falta de novas manifestações da autarquia, essa parece ser uma ótima notícia! Primeiro porque comprova que estamos cada vez mais próximos da publicação do edital e da realização do concurso, e depois porque, pra quem não sabe, a Cesgranrio é banca mais tradicional em Concurso da ANP. Só o último, realizado em 2013, não foi organizado pela Cesgranrio, mas pela Cespe UnB.

Mas por que isso é bom?

A última prova e o último edital que tivemos para nível médio foi em 2008 (2013 foi só para nível superior), no segundo concurso da autarquia. Naquela ocasião, a banca foi a Cesgranrio, assim como será agora. Fica muito mais seguro nos basearmos no último edital, no último programa de matéria e no último estilo de prova quando trabalhamos com a mesma banca (isso só vale para quem, corretamente, já está estudando antes da publicação do edital, claro!).

Eu só acredito vendo!

AGÊNCIA NACIONAL DO PETRÓLEO, GÁS NATURAL E BIOCOMBUSTÍVEIS

EXTRATO DE DISPENSA DE LICITAÇÃO No- 161/15 Processo: 48610.007469/2015-11. Objeto: Prestação de serviços técnico-especializados de organização e realização de concurso público para o preenchimento de 34 (trinta e quatro) cargos de nível médio, sendo 14 (quatorze) cargos de Técnico em Regulação de Petróleo e Derivados, Álcool Combustível e Gás Natural e 20 (vinte) de Técnico-Administrativo, sem dispêndio de recursos públicos. Fundamento Legal: Artigo 24, inciso XIII, da Lei n.° 8.666/93. Justificativa: Entidade de direito privado, sem fins lucrativos, reconhecida como de utilidade pública federal e estadual e detentora de inquestionável reputação ético-profissional. Declaração de Dispensa em 03/11/2015, Waldyr Barroso, Diretor da ANP. Ratificação em 03/11/2015, José Gutman, Diretor-Geral Substituto da ANP. Contratada: Fundação Cesgranrio.

Veja ainda um link para notícia da Folha Dirigida.

Caí de paraquedas, que concurso é esse??

Pra quem ainda não sabe, o Concurso da ANP vai ser um dos últimos a serem realizados nesses tempos de crise e cortes do governo, por já estar autorizado. O edital tem o prazo máximo para ser publicado de até 24 de dezembro! Vamos aos dados mais importantes

Remuneração: mais de R$6.000
Vagas: 34
Nível: médio (e talvez algumas vagas com médio-técnico)
Cargos: Técnico em Regulação (14) e Técnico Administrativo (20)
Prazo para o edital: 24 de dezembro de 2015
Local: não divulgado, mas a maior parte deve ser pro Rio de Janeiro

 

Lembrando que as inscrições para o curso preparatório do Clube do Petróleo (o curso mais experiente que eu conheço para preparar para o Concurso da ANP) estão abertas e você pode conferir o programa no link abaixo:
http://clubedopetroleo.com.br/concurso-de-anp-2015-nivel-medio

Vamos estudar!!

Concurso da ANP vai acontecer normalmente!

16 set

Por já estar autorizado, Concurso da ANP vai acontecer mesmo com os cortes de gastos do governo, confirma Ministério do Planejamento

Concurso da ANP mantido segundo imagem da Globo

Ótima notícia para quem está se preparando para o concurso da ANP! O Ministério do Planejamento divulgou que os concursos públicos já autorizados ocorrerão normalmente.

O que isso quer dizer?

Isso significa que o o edital para o concurso da Agência Nacional do Petróleo mantém a expectativa (e obrigação) de sair até dezembro de 2015 (prazo limite). A notícia foi divulgada ontem à noite no site do G1.

Então ele vai mesmo acontecer?

Vai! A autorização para o concurso da ANP foi dada em 23 junho de 2015, ressaltando que a autarquia tinha um prazo de 6 meses para publicar o Edital (até 24 de dezembro). Então até o Natal teremos um edital, e depois disso são poucas as semanas até a prova.

É muito importante lembrar que o Edital pode sair daqui a duas semanas também! Então qualquer tempo de estudo é precioso. Não vá esperar ter a data da prova marcada para se estudar tudo em algumas semanas.

O curso do Clube do Petróleo é o mais tradicional preparatório para o Concurso da ANP no Brasil, aprovando os primeiros e muitos outros lugares desde a primeira oportunidade de ingresso em 2005, depois 2008, 2013 e, agora, em 2015. Então, se me permite o clichê, não perca tempo! Começar agora é um fator crucial para passar em concurso.

Só acredito se passar na TV!

Passou, oh:

Mas e se eu passar e não me chamarem com essa crise toda?

Essa é outra boa notícia! Segundo a notícia do G1, o Ministério do Planejamento também divulgou que as nomeações dos concursos já autorizados ocorrerão normalmente em 2016, de acordo com o número de vagas divulgadas (34 no caso da ANP).

É isso aí, pessoal! Seguimos em frente estudando. Qualquer notícia nova, postamos aqui.

Quem quiser conferir o programa do Clube do Petróleo, segue o link:

clubedopetroleo.com.br/concurso-de-anp-2015-nivel-medio

O Concurso da ANP foi suspenso?

15 set

Expectativa é de que concursos já autorizados, como o da ANP, não sejam afetados pelas medidas do governo

Os Ministros Joaquim Levy e Nelson Barbosa anunciam o corte orçamentário

Os Ministros Joaquim Levy e Nelson Barbosa anunciam a medida

Ontem, dia 14 de setembro, o governo anunciou a suspensão de todos os concursos públicos de 2016 como forma de reduzir gastos. O que o Ministério do Planejamento ainda não esclareceu é se esta suspensão engloba apenas a autorização de novos concursos ou se também suspende os concursos já autorizados, como o da ANP (Agência Nacional do Petróleo).

O jornal especializado em concursos públicos Folha Dirigida publicou uma notícia sobre o assunto, relatando que mesmo após procurar a assessoria do Ministério, ainda não foi esclarecida a questão sobre os concursos já autorizados. No entanto, esboçam sua opinião no sentido de que o Concurso da ANP não deve sofrer impactos da medida.

“A expectativa é de que certames nessas condições, como os do INSS e de diversas agências reguladoras, sejam preservados, com seus editais de abertura publicados até o final deste ano” (Folha Dirigida)

O site Notícias Concursos relatou a situação do INSS como um indicador de que os concursos autorizados devem ocorrer mesmo com a suspensão do governo. Segundo o artigo, o TCU auditou a situação delicada da autarquia de previdência social e concluiu que se não fosse realizada uma nova seleção, o INSS corre o risco de entrar em colapso. Vale lembrar, o concurso do INSS encontra-se na mesma situação que o da ANP, com realização já autorizada e vagas definidas.

A fim de tranquilizar as emoções de quem direcionou a vida para se dedicar aos estudos para concursos públicos, a Folha Dirigida ainda ressalta que em 2011 houve uma outra suspensão muito parecida em nome de um ajuste fiscal. Mesmo assim, muitos concursos foram realizados nos meses seguintes e novas oportunidades federais foram abertas.

Atualização: a realização do Concurso da ANP foi confirmada pelo Ministério do Planejamento! Confira esse outro post.